det sner 🌨 Está a nevar!

Outono, já partiste?


Cristal perfeitinho que se prendeu a uma rede | Perfect cristal stuck on a net.

Autumn, have you left?

On Monday morning I went outside and it was snowing. Everyone at home was amused by my enthusiasm, given it was just a shy display of snow, the kind that melts having barely reached the ground. I took my usual route, flying on my bike as I contemplated a slowed down environment around me, with snowflakes falling under a strange gravity. 

It was by Tuesday night that the clouds surprised me with my first real snowfall, yupiii! At that moment, I felt like a child again. It started at night, but as soon as we realised what was happening I ran to the garden, only in my pyjamas and polar bear socks. It wasn't that cold, I had to make up for lost years of snow! Soft and fluffy flakes clung up to my hair and eyelashes as I started to look like an ice princess. I walked from one side to the other, feeling my feet bury in that fresh layer of only a few centimeters. I observed and documented the crystals accumulating in the leaves, I had a snowball fight, and right before returning home I built a small snowman. 

Today I woke up to a snow covered Denmark, mixed with autumn leaves still falling. It is a most beautiful transition of seasons. Nature, how much you dazzle me.
A neve cai como uma chuva mais lenta e silenciosa | Snow is like a silent slow rainfall.
Na segunda de manhã, saí de casa e estava a nevar. A malta lá de casa achou graça ao meu entusiasmo visto que era apenas uma amostra de neve tímida, daquelas que derrete mal chega ao chão. Fiz o caminho habitual, a voar na minha bicicleta enquanto contemplava um ambiente à minha volta desacelerado, com flocos que caiam sobre uma gravidade estranha.




Foi na terça à noite que as nuvens me presentearam com a minha primeira queda de neve a sério, yupiii! Naquele momento, voltei a ser criança. Era de noite quando começou, mas assim que nos apercebemos do que se estava a passar corri para o jardim, só de pijama e meias de pezinhos com ursos polares. Nem estava assim tanto frio, tinha de aproveitar para compensar anos de ausência de neve!

Flocos macios e fofinhos agarravam-se aos meus cabelos e pestanas até parecer uma princesa do gelo. Andava eu, de um lado para o outro, a sentir os meus pés enterrarem-se naquela camada fresca de apenas alguns centímetros. Observei e documentei os cristais que se acumulavam nas folhas, entrei numa guerra de bolas de neve, e mesmo antes de voltar para casa construí um pequeno boneco.

Hoje acordei para uma Dinamarca coberta de neve, à mistura com as folhas de outono que ainda caem. É uma transição de estações muito bonita. Natureza quanto me deslumbras.

Mensagens populares